Ensaio boudoir: o que é e como surgiu esse estilo de fotografia

Fotografia de mulher segurando lençol de cetim dourado com reflexo no espelho em estúdio fotográfico durante ensaio boudoir

De forma bastante resumida, o ensaio boudoir é um estilo de fotografia para mulheres. Mas a sua origem e construção histórica é repleta de curiosidades que ajudam a compreender melhor a inspiração e o trabalho de fotógrafas(os) de todo o mundo.

Para início de conversa, a palavra boudoir não tem origem na fotografia, mas em uma pequena revolução arquitetônica ocorrida na França e que criou um espaço intimista na casa das mulheres francesas. Só depois o termo passou a ser associado a um tipo específico de ensaio fotográfico feminino.

O QUE É O BOUDOIR?

Até o início do século 18, os cômodos das casas no país europeu não eram dedicados a uma função específica. Ou seja, poderiam ser usados de diversas formas. No mesmo dia podia ser montada uma sala para refeição, depois retirar a mesa e mudar os móveis para transformar em uma sala para recepção e em seguida transformar novamente para montar um quarto.

Neste contexto, houve a tal revolução arquitetônica. A distribuição dos cômodos para definir claramente a função de cada espaço. A sala de jantar passa a ter prioritariamente este uso, o quarto idem e assim por diante. Assim nasce o boudoir.

O boudoir passa ser um local intimista da casa, para uso principalmente das mulheres. Muitas vezes equipado com espelhos, sofá-cama, cortinas, cadeiras e diversos móveis para deixá-lo lindamente decorado. Também podia ser mobiliado para ser um espaço totalmente privativo. Os estilos da época estão presentes ali, com influências arabescas e do rococó, por exemplo.

Boudoir da rainha no Petit Trianon
Boudoir da Rainha no Petit Trianon

Em qualquer caso era um quarto confortável e ricamente decorado. Um dos boudoirs mais conhecidos é do Palácio Petit Trianon, localizado no interior do Palácio de Versalhes e que foi da rainha da França Maria Antonieta. Era um lugar que ela ia para se retirar da formalidade e da etiqueta do palácio e passar o tempo com amigas.

O significado de boudoir em dicionários franceses condiz com o uso feito por Maria Antonieta. É definido como um espaço decorado para uso particular das mulheres para ficarem quando querem ficar sozinhas ou conversar com pessoas íntimas.

COMO SURGIU A FOTOGRAFIA BOUDOIR

Fotografia boudoir

A fotografia se apropriou do termo boudoir e começou a se destacar por volta da década de 1920. Nesta época, geralmente era ilegal fotos de nudez, mas fotógrafos como Albert Arthur Allen continuaram a criar seus trabalhos. As mulheres posavam sob sua cuidadosa direção de maneira romântica e em cenários ornamentados.

Anos depois, mais especificamente na década de 1940, o foco da fotografia boudoir passou a estar nas garotas pin-ups. A palavra se refere a mulheres com forte atrativo sensual e exibidas em grande escala em ilustrações, pinturas ou fotografias de atrizes e modelos daquela época. Foram usadas para revistas, cartazes, cartões postais e principalmente calendários, muito utilizados pelos soldados durante a Segunda Guerra Mundial. Os calendários ficavam pendurados, daí o termo “pin-up” para “pendurar” em inglês.

A próxima grande mudança na evolução ocorreu na década de 1970, época em que a fotografia começou a conquistar um lugar para si no “mundo da arte” profissional. Muitas revistas começaram a apresentar fotos de mulheres reais em vez de meros desenhos e, à medida que a visão da forma feminina se tornou mais difundida, a fotografia boudoir se tornou significativamente mais aceitável.

“Aceitável” porque mesmo hoje, 50 anos depois, há muitos tabus relacionados ao corpo feminino. Mas, de lá para cá, essa opinião mudou gradualmente. A fotografia boudoir não só é completamente aceita, mas altamente encorajada e celebrada em muitos círculos. As pessoas não apenas apreciam esse tipo de fotografia como uma obra de arte para suas casas e outras propriedades, mas as mulheres costumam procurar fotógrafos que possam ajudá-las a recriar fotos clássicas de boudoir ou apenas inventar algo novo que as mostre como as estrelas de seu próprio show.

Fotografia boudoir

o ensaio boudoir hoje

Se antes o texto citava referências históricas, daqui para frente é a minha leitura do que significa o ensaio boudoir atualmente, na década de 2020. De característica mais intimista é uma sessão de fotos sensuais que tem como objetivo retratar a beleza de cada mulher, independentemente de perfil, peso, manequim e idade.

Cada ensaio boudoir é diferente, pois nele são levadas em consideração as informações que a mulher revela para a fotógrafa. Cada mulher é única e assim são as fotos. Neste tipo de foto, a ideia é levar para a fotografia aquilo que as mulheres relatam que mais gostam em si mesmas. Veja o meu portfólio de ensaio boudoir.

Desde que os primeiros ensaios boudoir foram feitos, algumas características deste tipo específico de fotografia sensual mudaram, ao incorporar parte do estilo de viver de cada época. E também, é claro, foram desenvolvidas diferentes técnicas de fotografar, iluminar e tratar estas imagens. Cada profissional trabalha de uma forma. Gosto muito de utilizar uma luz suave e, na maioria das vezes, difusa, proporcionando à pele um toque de seda.

O ensaio fotográfico boudoir sugere mais do que necessariamente revela. É um jogo de esconde-mostra, um sensual mais clássico, mais sutil. Deixa no ar mistério. A delicadeza e a sutileza são características marcantes e você pode fazer mostrando mais ou menos pele, com ou sem lingerie e outras peças íntimas, como robe, camisola e conjuntos de peças que incluem renda, tule, um lençol e outros tecidos leves e delicados.

POR QUE AS MULHERES FAZEM O ENSAIO BOUDOIR?

Para fazer um ensaio boudoir perceba que não há um tipo de corpo específico. As mulheres que eu fotografo não são modelos. A fotografia boudoir é um meio onde as mulheres podem ser livres de julgamentos, condicionamentos e suposições sociais.

Até um tempo atrás, as mulheres que faziam este tipo de ensaio geralmente presenteavam os esposos antes de casar. Hoje, além disso, o ensaio fotográfico boudoir é feito por mulheres que desejam:

  • expressar a própria sensualidade de maneira delicada, como uma forma de reafirmação da própria liberdade;
  • um desejo por guardar lembranças fotográficas de uma etapa da vida;
  • também como uma maneira de se ver através de novos olhares;
  • reforçar a autoestima.

QUER FAZER SEU ENSAIO?

Meu nome é Priscila Maboni, fotógrafa especializada em ensaio boudoir. Estamos em um dos maiores estúdios boudoir do Brasil. Há anos me dedico a fotografar mulheres dos mais variados perfis, de todos os tipos físicos e em diferentes momentos de suas vidas.  Caso tenha interesse em fazer o seu ensaio, me chame pelo Whatsapp ou pela página de contato.

🔗 Fontes deste texto: Huff PostRes Mirum Artnet.

Share the Post:
plugins premium WordPress